Capítulo XXVI (parte 2)

879 85 8
                                              

[Flashback]

~Josie on~

A meses atrás eu descobri minha gravidez

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

A meses atrás eu descobri minha gravidez. Estava muito feliz e animada, porém no momento que percebi já tinha quase 3 meses.

No caminho pra contar Sirius a novidade, tive uma visão: Lorde Voldemort sequestrava meu bebê por causa de uma profecia. Ele a ensinaria o que é certo e errado... E como a visão de herói e vilão muda de acordo com quem narra a história, ela seria usada como uma arma por Voldemort.

Minha menininha cresceria e seria implacável. Seus poderes serão fantásticos, porém se souberem quem é ela, não será mais uma criança e sim uma máquina mortífera. O Lorde a tratará assim, como uma cerva para fazer seu trabalho sujo. E eu, jamais permitiria isso para minha adorada Elizabeth.

Me despedi de Sirius dizendo que a guerra estava próxima e eu não podia lutar. Meu coração se rasgou quando ele disse que podia me proteger, mas eu insisti dizendo que tinha alguns parentes queridos que precisava alertar e levar para longe dessa confusão.

O parto foi tranquilo, embora fosse corrido. No momento que os primeiros raios da manhã bateram no seu rostinho e ela ergueu as pálpebras, eu soube... Era minha menina, tínhamos os mesmos olhos cor de ouro... mas esse olhar... Definitivamente tem o olhar travesso de Sirius.

Comecei a colocar meu plano em ação logo cedo, como ensinar Monstro a ler e escrever.

Ele foi totalmente contra essa ideia, mas eu o convenci dizendo que sua senhora poderia se agradar com uma surpresa. Que ele poderia ler um livro pra ela, ou o jornal matinal, o que parecia ser bastante útil, então ele concordou.

Hoje, estou aqui na casa dos Potter. Elizabeth nasceu o mesmo dia que Harry, outro menino profético. Eu sei da existência da ligação deles, e entendo como funciona, mesmo não podendo dizer a ninguém...

_ Está tudo pronto e Sirius já chegou. _ diz Lilian a porta.

Nós combinamos (eu implorei) pra que eu e Lizzie tomássemos uma poção polissuco para nos parecemos com Lilian e Harry, respectivamente.

Sinto uma extrema necessidade de ter uma memória de Sirius e Elizabeth antes de partir.

Tomei a poção e dei um pouco para minha menina também. Lizzie tomou sem protestos. Os bebês são muito parecidos, a única diferença foi os olhos não estarem mais amarelos.

Desci as escadas e Sirius está lá, como por um milagre sem a jaqueta de couro e com o cabelo cortado.

Tá diferente, mas ainda sim, bonitão.

_ Oi Lily, como vai?

_ Vou bem. _ falo ficando com os olhos marejados, sem entender exatamente o porquê. _ Pegue Harry um pouco Sirius, enquanto eu faço a mamadeira.

Lizzie não estava com fome, mas eu precisava aproveitar cada segundo dos dois.

_ Claro. _ passo o neném pro seu colo e ele se senta em uma cadeira. _ Tem certeza que tá tudo bem?

_ Tenho sim. São só hormônios pós gravidez. _ digo secando a lágrima de saudade que escorre do meu rosto.

_ Oi Harry _ ele fala com o bebê enquanto eu preparo uma mamadeira atoa _ Oiê... Aqui é o tio Sirius... Isso mesmo.

_ Você daria um bom pai. _ digo com a voz trêmula.

_ Gostaria de ser um dia. _ Black me devolve um sorriso sincero.

Preciso me manter calma, não posso perder o controle da situação.

_ O Harry tá estanho, normalmente quando ele vem pro meu colo abre a boca pra chorar.

_ Deve ser você que finalmente aprendeu a segurar um bebê. _ ele concorda distraído, brincando com "Harry".

_ Posso tirar uma foto dos dois assim? _ digo de súbito e Sirius arqueia a sobrancelha _ Eu tô pensando em fazer um álbum de fotografias.

_ Tudo bem.

_ Não faça pose _ falo pegando a câmera _ Só brinque um pouco com ele. _ ele faz o que eu peço.

 _ ele faz o que eu peço

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

_ Ficou ótima. _ confesso assim que vejo a foto em minhas mãos.

_ Depois eu quero vê-la no álbum, hein.

_ Não se preocupe. _ olho pro relógio, só tenho mais 10 minutos de efeito da poção. Está na hora de nos despedirmos. _ Me devolve ele, por favor, está na hora de tirar um cochilo.

Sirius me devolve a criança e vai andando na direção da cozinha. Eu não tenho coragem de dizer o adeus que tinha a intenção. Minhas cordas vocais simplesmente não funcionam.

_ Sirius..._ ele vira os calcanhares para me ver _ Obrigada.

_ De nada, Lily.

Era isso. O fim. Queria poder ter outro jeito, mas não há.

Mesmo eu querendo gritar que eu o amo e que podemos ser uma família. Queria poder abraça-lo e sussurrar no seu ouvido que ele vai ser o melhor pai do mundo. Queria que ele viesse os primeiros passos, primeiras palavras e primeiras travessuras da nossa filha. Mas eu simplesmente virei as costas e fui embora.

☁︎☁︎☁︎

𝑶𝒃𝒓𝒊𝒈𝒂𝒅𝒂 𝒑𝒆𝒍𝒂𝒔 𝒎𝒂𝒊𝒔 𝒅𝒆 1600 𝒗𝒊𝒆𝒘𝒔!! 🥳❤️🥳

𝑶 𝒄𝒂𝒑 𝒇𝒐𝒊 𝒎𝒂𝒊𝒔 𝒄𝒖𝒓𝒕𝒊𝒏𝒉𝒐 𝒔𝒐́ 𝒑𝒐𝒓 𝒕𝒆𝒓 𝒅𝒊𝒗𝒊𝒅𝒐 𝒆𝒍𝒆.

𝑮𝒐𝒔𝒕𝒂𝒓𝒂𝒎 𝒅𝒂 𝑱𝒐𝒔𝒊𝒆? 💛✨

𝑫𝒆𝒊𝒙𝒆𝒎 ⭐

𝑨𝒎𝒐 𝒗𝒄𝒔 💖
𝑿𝑿 💕

(𝑬𝒔𝒔𝒂 𝒇𝒐𝒕𝒐 𝒏𝒂̃𝒐 𝒔𝒆 𝒆𝒏𝒄𝒂𝒊𝒙𝒂 𝒏𝒐 𝒄𝒂𝒑, 𝒎𝒂𝒔 𝒎𝒆𝒔𝒎𝒐 𝒂𝒔𝒔𝒊𝒎 𝒒𝒖𝒆𝒓𝒊𝒂 𝒄𝒐𝒎𝒑𝒂𝒓𝒕𝒊𝒍𝒉𝒂𝒓 𝒄𝒐𝒎 𝒗𝒄𝒔 🙃)

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

(𝑬𝒔𝒔𝒂 𝒇𝒐𝒕𝒐 𝒏𝒂̃𝒐 𝒔𝒆 𝒆𝒏𝒄𝒂𝒊𝒙𝒂 𝒏𝒐 𝒄𝒂𝒑, 𝒎𝒂𝒔 𝒎𝒆𝒔𝒎𝒐 𝒂𝒔𝒔𝒊𝒎 𝒒𝒖𝒆𝒓𝒊𝒂 𝒄𝒐𝒎𝒑𝒂𝒓𝒕𝒊𝒍𝒉𝒂𝒓 𝒄𝒐𝒎 𝒗𝒄𝒔 🙃)

Elizabeth Black - A herdeira BlackOnde as histórias ganham vida. Descobre agora