Capítulo XVIII

1.2K 120 87
                                              

~Elizabeth on~

~Elizabeth on~

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

_ Terminei. _ disse Fred depois de jogar meu cabelo trançado nas minhas costas.

_ Tá melhorando hein. _ digo olhando meu reflexo num espelhinho que está sendo segurado por Fred.

   Estou lubrificando a vitrola e minhas mãos estão imundas de graxa. Parece o momento perfeito pra zoar.

_ Essa semana eu tava lendo um jornal trouxa, e falou que pessoas que tem a mão maior que a cara, tem o cérebro menor que dá população normal.

_ Sério? _ disse Fred colocando a mão no rosto para medir, mas então eu bati minha mão nas costas da mão dele fazendo com que o mesmo levasse uma bofetada no rosto. _ Ei! _ começo a rir no mesmo momento. _ Você se acha muito boa, não é? _ ele fala se aproximando.

_ Eu sou a rainha das pegadinhas! _ exclamo.

_ Não tolero blasfêmia na minha presença, Black! _ Ele fala partindo pra cima de mim e me atacando com cócegas, me fazendo ter uma crise de risos _ Diga que eu sou o rei das pegadinhas! _ ele ordena.

_ Nunca!! _ falo assim que consigo pegar um pouco de ar.

_ Então você vai ver o que eu vou fazer com você. _ Fred diz se levantando e me levando junto consigo.

   Ele me joga na cama, se posiciona em cima de mim de um jeito qual eu não poderia sair e segura meus braços acima da cabeça.

   Estava tudo divertido e engraçado até meus olhos encontrarem os dele. As coisas desaceleraram. Eu senti um frio na barriga quando ele se aproxima e me beija, não foi necessário permissão para nada, no momento que seus lábios tocaram os meus eu não perdi tempo. Nossas línguas trabalhavam em harmonia em um beijo doce e quente... realmente quente!

   Fred desce os beijos para meu pescoço, me trazendo arrepios. Ele finalmente solta meus pulsos para me segurar pela cintura, e eu o toco com desespero. Mãos bobas de ambas as partes, mordidas cruzadas e sorrisinhos.

   Eu começo a desabotoar a camisa de Fred e passo a mão do seu peitoral até o ombro, tirando a blusa do seu corpo e depois refaço o mesmo caminho parando com as mãos perto do seu umbigo. Seus olhos estão escuros,cheios de desejo e sua respiração pesada o entrega. O mesmo leva as mãos dele na barra da minha camisa e tira devagar. Fred aprecia cada parte da minha pele e seu sorriso apenas se alarga.

   Ele faz uma trilha de beijos e mordidas, que quanto mais desce, mais nervosa fico. Sua boca chega perto do meu short.

_Posso? _ ele pergunta com a voz rouca.

Aí meu Deus! Pode?

TOC TOC

_ Elizabeth! _ arregalo os olhos pra Fred.

_ É o meu pai! _ sussurro desesperada _ Vai pra debaixo da cama e aparata para o andar de cima! _ Digo vestindo a blusa com rapidez. Fred concorda e pega sua roupa.

_ Oi pai. _ digo abrindo a porta, tentando parecer calma.

   Sirius entra e senta na cama sem dizer nada, depois faz sinal para eu me sentar do seu lado também. Quando eu me sento ele tira um papel do bolso e me entrega, parece nervoso.

   Abro devagar o pergaminho e parece instruções para um feitiço. Alguns segundos analisando a ficha começa a cair.

_ Eu sei que você não é mais criança mas também não quero que pense que estou te incentivando a...

_ O que é isso exatamente? _ pergunto mostrando o pergaminho.

_ É uma feitiço para o dia depois de você...

_ Não!... precisa terminar a frase. _ o interrompo.

Sério que meu pai tá me dando um feitiço anticoncepcional? Eu não tô acreditando.

_ Não estou te incentivando a fazer isso mas é sobre sua saúde e escolha então eu... Me vejo na obrigação de te ajudar, já que sua mãe não está aqui pra ter essa... conversa.

_ Hm, obrigada pai. _ dou um sorriso sem graça.

_ Filha... você ainda... _ Ele gagueja.

Já sei a onde ele quer chegar.

_ Pai, eu sou virgem tá legal!? _ cuspo as palavras antes que a coragem me suma.

_ Ah... _ ele solta um ar preso nos seus pulmões.

_ E eu vou continuar assim por um bom tempo. _ sinto meu rosto esquentar.

Sim. Eu ainda não estou pronta pra ter minha primeira vez. Depois de chegar bem perto, percebo que ainda, não é meu momento.

_ Isso é bom _ eu o encaro _ Quero dizer... _ ele gagueja _ que você esteja tomando o seu tempo, sabe, não precisa ter pressa pra isso. _ Ele diz se levantando com um leve sorriso, com toda a preocupação e o nervosismo evaporados. _ leve o tempo que precisar. _ ele fala saindo tranquilamente pela porta, com um sorriso aliviado.

   Assim que ele passa pela porta eu me tranco e encosto as costas na porta soltando o ar que nem sabia que estava preso no meu pulmão.

Sério que isso aconteceu?

   Fred sai de debaixo da cama. E coloca a camisa se aproximando de mim. Fico desesperada.

Ele tava lá esse tempo todo!?

_ Você tava aqui esse tempo todo? _ digo dando um empurrão no seu braço.

_ Eu entrei de mal jeito e não alcancei minha varinha. _ ele fala levando as mãos ao alto. Sento na cama frustrada.

Não queria que ele ouvisse o que eu tinha dito. Foi tão... Pessoal.

_ Ei _ Fred fala virando meu rosto para si _ não tem problema a gente tenta de novo quando você tiver mais confortável. Eu não me importo de te esperar. _ ele diz e me abraça e eu me vejo afogando no seu perfume.

   Ele me solta do abraço, um tempo depois, se levanta e diz.

_ Quando estiver pronta me avisa. _ e me dá uma piscadela.

_ Vai ser o primeiro a saber. _ digo inocente e só entendo a gravidade das palavras depois que Fred me lança um sorriso malicioso. Eu dou um soco no seu ombro, mas nada que faça um estrago, já que o mesmo tem quase o dobro do meu tamanho.

   Antes dele sair do quarto eu deposito um beijo na sua boca e puxo de leve o seu lábio inferior.

_ Você é muito bipolar. _ ele confessa _ primeiro me beija, depois me bate e agora, me beija de novo.

_ Some da minha vista, Weasley. _ digo o empurrando para fora do quarto tentando conter um sorriso.

☁︎☁︎☁︎☁︎
☞︎︎︎𝑨𝒏𝒕𝒆𝒔 𝒅𝒆 𝒋𝒐𝒈𝒂𝒓𝒆𝒎 𝒉𝒂𝒕𝒆 𝒏𝒂 𝒑𝒆𝒓𝒔𝒐𝒏𝒂𝒈𝒆𝒎 𝒈𝒐𝒔𝒕𝒂𝒓𝒊𝒂 𝒒𝒖𝒆 𝒗𝒐𝒄𝒆̂𝒔 𝒍𝒆𝒗𝒂𝒔𝒔𝒆𝒎 𝒐 𝒇𝒂𝒕𝒐 𝒅𝒆 𝒒𝒖𝒆 𝒆𝒍𝒂 𝒕𝒆𝒎 15 𝒂𝒏𝒐𝒔 𝒂𝒊𝒏𝒅𝒂 𝒆 𝒒𝒖𝒆 𝒆𝒔𝒕𝒂́ 𝒎𝒂𝒊𝒔 𝒒𝒖𝒆 𝒄𝒆𝒓𝒕𝒂 𝒆𝒎 𝒕𝒐𝒎𝒂𝒓 𝒐 𝒔𝒆𝒖 𝒕𝒆𝒎𝒑𝒐 𝒑𝒓𝒂 𝒊𝒔𝒔𝒐.

600 𝒗𝒊𝒘𝒆𝒔 𝒈𝒆𝒏𝒕𝒆𝒆𝒆 🥳❤️
𝑨𝒎𝒐 𝒗𝒄𝒔 💕
𝑿𝑿❣️

Elizabeth Black - A herdeira BlackOnde as histórias ganham vida. Descobre agora