6º Capítulo

192 23 2

De manhã, acordei e espreguiçei-me. Tinha dormido tão bem, há muito que não dormia tão bem. Tinha feito o possível para me deitar mais ou menos cedo.
Tomei um duche rápido e enrolei-me na toalha. Escolhi a roupa, porque raramente escolho o que quero vestir na noite anterior, vesti-me e fui secar o cabelo. Depois de estar arranjada, desci e dirigi-me à cozinha devido a ter que tomar pequeno almoço, onde já se encontrava a minha mãe com uma caneca com chá na sua mão e o meu pai a beber o café de costume. A minha irmã estava a comer leite com cereais como costume também.

"Bom dia." eu disse, sorrindo e fui preparar torradas e café.

"Bom dia." os meus pais dizem juntamente, a sorrir.

Aproximo-me da minha irmã e beijo-lhe a bochecha. A minha irmã tem as bochechas mais adoráveis do mundo.
Depois de tomar o pequeno almoço, subi para lavar os dentes e para pegar na mala e no telemóvel.

Assim que chego à escola, recebo uma mensagem de um número que desconhecia.

Número desconhecido:
Estás linda hoje. ;-)

Wtf? Será que é alguém que eu conheço? Ou será que foi engano?
Decidi ignorar a mensagem e fui para a aula para a qual não queria chegar atrasada.

Depois da aula, estive com a Tessa e com a Brianna, como de costume.

O resto do dia passou num instante e assim que cheguei a casa, recebi 3 mensagens.

Número desconhecido:
"Olá linda"

Número desconhecido:
"Não respondeste à minha primeira mensagem porquê? :-( "

Número desconhecido:
"És linda"

O quê? O que é isto?
Decidi ignorar as mensagens novamente e fui tomar duche pois tinha tido educação física e não queria ir trabalhar a cheirar a cavalo não é? Pois.

Quando saí do banho, enrolei a toalha ao corpo e fui escolher a roupa. Peguei no telemóvel para ver as horas e reparei numa outra mensagem.

Número desconhecido:
"Eu sei que as estás a ler, porque é que não respondes? :( "

Será que é o Calum?
Como já não queria estar a receber mais estas mensagens estranhas, decidi responder.

"És algum rapaz da escola ou assim? Ou alguém que eu tenha conhecido recentemente?" eu enviei e recebi a resposta de imediato.

Número desconhecido:
"Eu? Não."

Número desconhecido:
"Porque é que achas isso?"

Número desconhecido:
"Andas a trair-me? :( "

Já não estou a perceber nada.

"A trair-te? Nem sei quem és." eu respondi.

Número desconhecido:
"Um dia saberás bebé :-) "

Bloqueei o telemóvel e fui despachar-me para poder chegar ao trabalho sem me atrasar. Depois de me vestir, fui pentear e secar o cabelo e de seguida fui comer.
Depois de comer, fui ao quarto para pegar na mala e no telemóvel, como de costume e saí para ir para o Starbucks.

"Boa tarde Stacy." eu disse e sorri.

"Olá Joanne." ela sorriu. "Como estás?"

"Bem e tu?" eu disse.

"Estou bem, também." ela disse e voltou a sorrir.

Comecei por ir limpar as mesas que já tinham sido usadas. Numa das mesas, estava lá um pequeno bilhete.

Starbucks Girl - Calum HoodLeia esta história GRATUITAMENTE!