For every story tagged #WattPride this month, Wattpad will donate $1 to the ILGA
Pen Your Pride

Harry's POV

Ao ouvir o som do prato se chocando com o chão, encarei minha mãe diretamente nos olhos. Ela parecia fascinada e assustada ao mesmo tempo. Eu não conseguia decifrar o que a mulher estava sentindo.

Louis oscilava o olhar entre minha mãe e eu. Suas pequenas mãos apertaram as minhas com força e seus polegares deixavam leves carinhos por meus dedos.

Sorri sem jeito para Gemma e Anne e minha irmã veio correndo até mim. Ela se jogou sob meu corpo e começou a gritar desesperadamente.

- Harry! Louis! Larry! Ai meu Deus, eu não estou bem! - Ela disse deixando beijos por todo meu rosto e Louis se afastou um pouco de mim. Não demorou para a menina repetir as mesmas palavras enquanto se jogava sob o corpo de Louis.

Observei os dois se abraçarem por alguns momentos e sorri brevemente. Minha mãe continuava parada na porta e eu não posso negar que sentia muito medo de sua reprovação. Tudo bem que ela não disse nada quando contei-lhe que poderia estar gostando de Louis, mas digamos que a teoria nunca é tão forte quanto a prática.

Depois de Gemma e Louis se largarem, agarrei na mão de meu pequeno e puxei-o para a porta de minha casa. Ficamos frente à frente com minha mãe por alguns minutos e, sem que eu esperasse, a mulher sorriu de orelha à orelha. Seus braços envolveram eu e meu namorado em um abraço caloroso e sua cabeça foi depositada em um de meus ombros. 

A mulher não disse nada, mas eu senti pequenas e quentes lágrimas caindo de seus olhos e se chocando contra o tecido de minha camisa. Separamo-nos depois de alguns momentos e o sorriso permanecia no rosto de minha mãe. Ela se afastou um pouco, mas uma de suas mãos segurava uma minha e a outra segurava uma de Louis.

- Eu não acreditei quando vi aquele vídeo no celular de Gemma! Mas era real. - Ela disse limpando algumas lágrimas e eu sorri sincero. Observei Louis ao meu lado e o pequeno parecia estar meio perdido diante à reação de dona Anne. 

- Mãe, que vídeo? - Falei ainda sorrindo e a mulher revirou os olhos.

- Sua cunhada maluca mandou para Gemma e eu também vi! - Mamãe disse com um brilho diferente nos olhos eu ri. Como eu não imaginei que Carol havia feito aquilo antes? - Louis, filho, você é um menino de ouro. - Anne disse se direcionando a Louis e eu notei as bochechas de meu pequeno corarem.

- Não... imagina, eu não sou, não. - Lou disse envergonhado e eu sorri. Aquele menino era tudo que eu sempre sonhei e não sabia.

- Você é, querido. Eu nunca poderia imaginar que alguém iria, algum dia, pedir o Harry em namoro daquela forma. Eu vi o brilho nos olhos de meu filho naquele vídeo. Eu vi a felicidade de vocês dois. Eu sei que vocês foram feitos um para o outro. - Ela disse olhando para nós dois e, nesse instante, percebi que Gemma tinha voltado para a porta da casa, bem onde estávamos conversando.

- Eu não sei o que dizer. Talvez obrigado? - Louis disse ainda sem jeito e mamãe negou com a cabeça.

- Não, eu que agradeço. Agradeço por fazer meu filho feliz como ninguém jamais fez. 

- x -

Depois de conversarmos sobre tudo na porta de casa, entramos e ficamos sentados na sala. Gemma começou a gritar escandalosamente sobre ter uma notícia espetacular e isso me deixou curioso.

Ficamos no cômodo por alguns momentos e, enquanto isso, mamãe fazia alguns lanches e sucos para nós. Louis e Gemma conversavam animados sobre vários assuntos que não me interessavam muito. Mas, em certo momento, algo me chamou atenção.

Louis colocou a mão na barriga de minha irmã e começou a falar com o bebê, como se o mesmo pudesse realmente ouvi-lo e entendê-lo. Depois de se cansar de tal ação, meu pequeno começou a questionar Gemma sobre o nascimento do bebê, o nome do mesmo, o quarto, etc. etc. 

Hidden Love (Larry Stylinson AU High School)Leia esta história GRATUITAMENTE!