Capítulo XIII

1.3K 117 35
                                              

{Flashback}

_Vai já pro seu quarto, eu cuido disso!

_ Não foi culpa minha!

_ Eu sei que não foi, mas vai dormir, está tarde. _Dizia Monstro empurrando Lizzie corredor a cima.

   Logo em seguida ele pegou um pano e começou a apagar o fogo em um dos quadros do corredor. Elizabeth estava cada dia mais incontrolável. Monstro a havia proibido de ficar fora de casa depois das cinco da tarde, afinal ela ainda tinha 11 anos, mas ela começou a gritar com ele e perdeu o controle.

   Lá no seu quarto, Lizzie estava deitada na cama, o travesseiro encharcado com suas lágrimas, ela tinha perdido o controle... De novo. Black chorou até dormir, se sentia tão culpada por colocar as pessoas em risco com aqueles malditos poderes...

***

   Era um casarão antigo, Lizzie estava sentada em uma poltrona de veludo vinho, em uma sala iluminada apenas por uma lareira e uma janela aberta. E tinha um garoto, alto, vestido com um terno preto, observando o jardim pela janela.

_ Olá Elizabeth. _ Cumprimentou o rapaz, sem tirar os olhos da paisagem externa.

_ Oi_ respondeu Lizzie.

_ Aceita um chá? _ De repente apareceu um jogo de chá na mesinha do lado dela. _ Então... Perdeu o controle de novo, querida? _ Ele falou se virando pra ela.

   Era um garoto muito bonito, cabelos negros e ondulados, um rosto pálido em contraste com os olhos verde azulados.

_ Como você sabe? _ Ela pergunta e ele abre um sorriso.

_ Não faça perguntas difíceis. _ Diz de forma simples. _ Mas agora, meu bem, eu posso te ajudar. _Fala se aproximando.

_ Como? _ Questiona Black e o jovem coloca as mãos no joelho para ficar face a face com Elizabeth.

_ Posso te ensinar a controlar seus poderes, mas só se você quiser. _Lizzie já ia tomar ar para dizer algo _ Mas pense bem... Você não vai espirrar e voar 2 metros pra cima ou atear fogo nas coisas quando ficar irritada ou até mesmo causar pequenos tremores que quebram as louças quando está preocupada._ Dizia agora dando uma volta pelo lugar.

_Antes de dar minha resposta, qual é o seu nome?_ ela disse depois de pensar um pouco.

_ Sou seu amigo, posso ter o nome que você quiser.

_ O que acha de Sam?

_ Eu gosto. _ O garoto estende a mão _ Então o que me diz, Elizabeth?

_ Estou dentro, Sam. _ Ela falou se levantando e apertando a mão dele.

_ Vamos para sua primeira lição...

***

   Quase todas as noites ela sonhava com Sam, ele a ensinava a controlar seus poderes e emoções. Mas ela não se lembra da maioria das coisas na manhã seguinte, ela simplesmente acordava sabendo lidar com sua magia. As vezes, quando fazia um esforço para se lembrar, vinha flashes de Sam, os lugares onde ele a levava pra fazer suas lições, mas nada mais.

   Ela começou sua paixão por desenhos e pinturas na tentativa de eternizar as lembranças de seus sonhos e principalmente de Sam.

   Com o passar do tempo ele a visitava com menos frequência até simplesmente parar de aparecer...

   Com o passar do tempo ele a visitava com menos frequência até simplesmente parar de aparecer

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

☝︎Desenho que a Lizzie fez do Sam☝︎

(𝑨 𝒑𝒂𝒓𝒕𝒆 𝒆𝒎 𝒊𝒕𝒂́𝒍𝒊𝒄𝒐 𝒆́ 𝒐 𝒔𝒐𝒏𝒉𝒐)
𝑬𝒔𝒔𝒆 𝒄𝒂𝒑𝒊́𝒕𝒖𝒍𝒐 𝒇𝒐𝒊 𝒎𝒂𝒊𝒔 𝒄𝒖𝒓𝒕𝒊𝒏𝒉𝒐 𝒒𝒖𝒆 𝒐 𝒏𝒐𝒓𝒎𝒂𝒍, 𝒆𝒏𝒕𝒂̃𝒐 ,𝒅𝒆𝒔𝒄𝒖𝒍𝒑𝒂.
𝑴𝒆𝒖 𝑫𝒆𝒖𝒔, 𝒆𝒖 𝒕𝒐̂ 𝒅𝒆 𝒄𝒂𝒓𝒂 𝒄𝒐𝒎 𝒐 𝒒𝒖𝒂̃𝒐 𝒓𝒂𝒑𝒊𝒅𝒐 𝒂 𝒈𝒆𝒏𝒕𝒆 𝒕𝒂 𝒄𝒓𝒆𝒔𝒄𝒆𝒏𝒅𝒐. 🍀✨
𝑨𝒎𝒐 𝒗𝒐𝒄𝒆̂𝒔! 💖

Elizabeth Black - A herdeira BlackOnde as histórias ganham vida. Descobre agora