Capitulo 13

3.5K 140 17

    Acordo através desse maldito despertador e respiro fundo para encarar o novo dia, então começo a me lembrar dos acontecimentos de ontem... Alex! Olho para o lado e ele não está mais aqui, lógico Violet você quer que ele morra já amanheceu, mas ao lado da cama pelo o qual o Alex dormiu me surpreendo com uma rosa vermelha com um pedaço de papel, sorrio com isso e me sento na cama pegando a rosa que está cheirosa e pego o papel e começo a  ler.

             Você é meu hoje, meu amanhã e o meu sempre. Obrigado por tudo. Eu te amo.

                    Aleksander.

              PS: Eu nunca poderia imaginar que alguém ficaria tão sexy de pijama de ursinho. Gostei.

      Ele realmente não existe, pego a flor e coloco em um copo com água, sorrio igual a uma boba, ai Alex como eu te amo.

    O dia na lanchonete foi tranquila, contei a Emily sobre o showzinho dos meus pais ontem, mas lógico que eu não contei nada sobre o fato do Alex ser um vampiro. Após o expediente eu e Emily estamos andando na rua rumo a nossa faculdade, no caminho o meu pai me liga perguntando aonde eu estou e com quem estou, depois de ontem, hoje de manhã nos tivemos uma conversa séria e ele decidiu que todas as noites ele ou a minha mãe iriam me ligar para ter certeza de que eu estava indo para a faculdade, caso ao contrário, nada de Alex.

—- Não acredito nisso Violet, voltou a ser criança?

—- Pelo jeito sim, né, eu errei eu sei mas...

—- Mais o amor fala mais alto.

—- Pois é.

—- Bom tenho uma coisa para te contar na verdade eu e o Arthur estávamos conversando e...

—- Arthur? —- Pergunto curiosa.

—- Meu namorado, a é você não sabe o nome dele né, então estávamos conversando e ele quer muito te conhecer tipo muito mesmo, claro eu até entendo ele eu não paro de falar sobre você, então decidimos em te convidar para sair com a gente para vocês se conhecerem na sexta, o que vai ser perfeito já que  não  trabalhamos mais aos sábados. Então o que acha?

—- Sexta, tá bom, vai ser legal, eu também quero muito conhecer ele você fala tanto que me deixa curiosa.

—- Sério? —- Diz Emily animada. —- Ai que legal. Pode levar o Aleksander se você quiser e então  fazemos um encontro de casais.

—- Claro ele vai amar. —- Ou não.

—- Droga meu ônibus está vindo, a gente se vê amanhã tenho que correr. Moço espera aiiii.....

     E lá vai a menina apaixonada correndo atrás do ônibus. Finalmente vou conhecer esse menino já cansei de ouvir o quanto ele é lindo, o quanto ele é romântico e etc... bom é melhor eu me apressar antes que eu chegue atrasada na aula.

—- Violet desculpa eu não sabia qual desculpa dar a sua mãe. 

—- Rita tudo bem, esquece levei um esporro mas tudo bem.

—- Ai menina apaixonada, e como estão as coisas entre vocês?

—- Como em um conto de fadas. —- E rimos.

—- Bom saber que o papo está, mas se vocês quiserem conversar a porta está ali. —- Diz o professor barrigudo, chato demais.

—- Desculpe professor. —- Digo sem graça.

—- Desculpe. Bom aqui está a matéria de ontem, Violet toma cuidado a professora Renata está de olho em você.

—- Ai odeio aquela mulher, obrigada.

Beijos de Sangue (Livro finalizado)Leia esta história GRATUITAMENTE!