Capítulo 2

2 anos depois

Melissa on:

Tudo mudou. Zayn é mundialmente famoso, com uma banda, que ele conheceu ainda no TXF, e a gente. Bom, namoramos, sim, o meu herói da infância se tornou meu amor. Nos amamos e queremos ficar  juntos o tempo todo. A vida toda.

Zayn me ligou hoje á tarde, disse que precisamos conversar e que é serio. Mas não estou preocupada, nós estamos tão bem juntos.

A única coisa que é “imperfeita” em nossa relação, é que não podemos nos assumir na mídia, não sei por quê.

Eu e ele nunca tivemos nada oficial, mas ele me pediu em namoro há uns 2 meses atrás, na expectativa de que pudéssemos tornar público o que sentíamos. Mas o Simon diz que não, que é melhor esperar, quando ele diz isso, sinto um peso em sua voz, algo que é desagradável pra mim, não consigo entender esse sentimento.

Depois de me arrumar, com uma regata preta simples e um short, passei a mão pelo meu cabelo, ele adora. Diz que sou única, diferente de qualquer outra. E que nunca existirá nada entre ele e outra pessoa.

Espero que sim, e acredito nisso também.

Sorri ao sentir a sensação de ser amada.

Peguei as chaves do carro e fui até a casa dele.

[N/A] coloquem pra tocar Slipped Away da Avril lavigne, se quiserem ;)

Quando entrei (eu tenho a chave), vi-o sentado no sofá de couro vermelho com uma expressão um tanto triste. Pude ver que havia chorado, e tinha nas mãos um papel.

Olhei séria dele para o papel, enquanto ele veio á passos largos até mim, e me beijou.

Não foi como antes, não mesmo.

No seu beijo tinha saudade, tristeza, dor, e quando nos separamos vi que ele chorava.

- O que foi?- disse olhando em seus olhos que estavam vazios.

Ele me entregou um papel. Um contrato. Passei os olhos rapidamente e senti lágrimas se formarem no canto dos meus olhos.

-Zayn, amor... isso é algum tipo de brincadeira?- estava pasma.

-Não, Mel...

Meus joelhos fraquejaram e senti uma dor horrível, não era dor física, senti que estava despedaçada, meu amor. Com outra.

 -Por que?

- A banda dela... Little Mix, não faz sucesso. -Sua voz era tão baixa que eu não conseguiria ouvir se não estivéssemos só nos dois ali.

- E o que você tem a ver com isso, Zayn? Por que você, e não os outros da banda? Por que com você?-senti o ar faltar- Por que... comigo?

-Não tenho escolha, sou obrigado, não entende?- vi que ele sofria tanto que não quis mais o encher com perguntas.

- E agora Zayn?

-Eu preciso que você assine...

-Não! Me recuso a assinar!- minha voz aumentou- não vou te perder! Não Zayn!

-Não vai me perder, amor, é por alguns meses, e tudo continuará normal entre nós, eu juro! Não dificulte as coisas, entenda amor!

Peguei a folha com relutância, e assinei. Sentindo dor e sofrimento, tristeza e ódio, por que, por que ela? 

Vítima de ZerrieLeia esta história GRATUITAMENTE!