Capítulo X

1.6K 140 59
                                              

   Quanto mais tempo Elizabeth passava com os gêmeos mais ela ficava confusa sobre eles serem extremamente inteligentes ou extremamente idiotas. George era super amigável e entendia o conceito de espaço pessoal, porém Fred queria estar com ela o dia todo. Ele gostava de trançar o cabelo de Lizzie enquanto ela concertava alguma coisa, não avisava que tinha graxa no rosto dela de propósito, ele até não estava pregando tantas peças nela assim, entretanto continuava com o flerte incansavelmente. E por mais que ela tente negar, estava se afeiçoando por esse ruivo insistente.

   Elizabeth não sabia exatamente quantas horas eram mas tinha certeza que era tarde, quando uma sombra alta entra no seu quarto.

_ Lizzie, tá acordada?_ Sussurra Fred.

_ Tá fazendo o que aqui, Weasley?

_ Ron não para de roncar, não tô conseguindo dormir_ Elizabeth encara Fred em meio a escuridão. _ Posso dormir num cantinho aí?

_ Pega seu travesseiro. _ Ela diz revirando os olhos e arredando para o lado.

   Aparentemente ele já estava com o travesseiro nos braços, porque depois que ela disse isso ele se deitou, olhando para o rosto dela. De onde Fred estava deitado tinha alguns raios da lua que iluminavam Lizzie e a faziam ter uma aparência etérea e encantadora. Tinha uma tensão no ar e por alguns segundos eles se encararam até Elizabeth respirar fundo e virar para o lado contrário dele.

_ Boa noite... E mantenha suas mãos sob controle se não quiser ter queimaduras de terceiro grau.

_ Relaxa. _ ele fala colocando os braços atrás da cabeça_ Não vou te tocar até que você implore pelo meu toque.

   Por algum motivo Lizzie estava mais quente, sentia seu rosto corando e borboletas no estômago, não poderia ser só pelas palavras de Fred, né?

***

   Na manhã seguinte Elizabeth estava dormindo com a cabeça no peito de Fred e uma de suas mãos agarrando sua regata e ele com os braços na cintura dela. Lizzie foi acordando vagarosamente e quando percebeu onde estava deu um grito e foi arredando para trás até cair da cama.

_ Meu Deus! Você tá bem?_ Pergunta Fred ainda na cama, esfregando os olhos.

_ Sim. _ Ela fala se levantando. _ Já que você acordou, pode ir embora agora.

_ Mas já ? Não são nem 8 da manhã. _ Ele fala olhando o relógio no seu pulso.

_ É melhor você sair daqui antes que meu pai chegue.

_ Tudo bem. _ Ele fala se levantando e passando a mão nos cabelos ruivos bagunçados os deixando mais bagunçados ainda _ Foi uma boa noite, obrigada. _ Então ele sai e fecha a porta.

***

TOC TOC

_ Oi princesa_ Fred fala entrando no quarto _Seu pai disse que você não tava muito bem pra descer pro almoço e eu vim aqui te encher o saco_ Lizzie olha Fred o repreendendo.

_ Você não vai encher o saco de ninguém_ Diz Elizabeth jogando o travesseiro de Fred pra ele, que pega com avidez.

_ Tá duvidando da minha capacidade?

_ Não! _ Ela fala se levantando _ Eu estou com muita cólica_ Lizzie vira Fred e o empurra até a porta _ e você só entra aqui com comida, porque é isso que eu quero somado a paz e sossego!_ Ela diz o expulsando do quarto e batendo a porta.

***

(Look dela)

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

(Look dela)

  Ainda naquela tarde Fred volta no quarto de Lizzie.

_Oferta de paz! _Ele fala esticando o braço dentro do cômodo com uma tigela e em seguida entra. _ trouxe pra você. _ diz mostrando umas balas laranjas que tinham dentro da tigela.

_ Isso é estranho.

_ O quê?

_ você me oferecendo bala sem mais nem menos. É muito suspeito _ Fred revira os olhos.

_ Nossa gatinha, assim você me ofende... Mas quer que eu prove uma? Como um ato de boa fé. _ Lizzie assente com a cabeça.

   Então Fred pega uma bala, coloca na boca, mastiga, engole e dá um giro elegante.

_ Viu? Não aconteceu nada.

   Assim Elizabeth pega uma bala e experimenta, tinha gosto de laranja com mel. Quando ela foi pegar outra Fred escondeu a tigela atrás do corpo.

_ Não coma muito, pode dar dor de barriga _ ele foi dando passos leves para trás até a porta, dá um sorriso maroto e sai sem mais nem menos, deixando Lizzie confusa.

***

   A noite Elizabeth se sentia melhor e decidiu ir jantar. Chegando lá todos estavam a encarando como se estivesse usando uma coroa de frutas na cabeça, mas ela simplesmente ignorou. Então Sirius se senta a mesa para comer mas quando ele bate os olhos em Elizabeth diz “O que aconteceu com seu cabelo!?”

_ Como assim? O que tem meu cabelo?

_ Está ruivo, querida.

_ O QUÊ!? _ Lizzie exclama indo até o espelho mais próximo. Seus cabelos estavam cor de fogo que constatavam seus olhos amarelos de forma berrante.       

   Ela volta para mesa com uma carranca, mas assim que os gêmeos se entreolham Lizzie entendeu tudo.

_ Foram vocês! O que era aquela maldita bala?_ Ela fala batendo as mãos na mesa de forma ameaçadora.

_ É um teste de um produto da loja..._ esclarece George depois da senhora Weasley lançar um olhar intimidador a eles.

_ Não se preocupe que sai dentro de alguns dias... _ Fred diz.

_ Semanas...

_ Ou meses... _ sussurra Fred.

_ MESES? _ Disse a senhora Weasley dando um tapa na orelha de cada um dos dois.

_ Aí mãe! _ Eles dizem em uníssono.

_ Me Desculpe por isso, querida. _ Molly fala para Lizzie, que embora estivesse com o rosto tão vermelho quanto o cabelo de raiva, concorda com a cabeça. _ E desculpe por isso Sirius, esses meninos precisam de um bom corretivo. _ E lança um olhar feio pros gêmeos, que se encolhem na cadeira com o ato.

_ Tudo bem, Molly. Ela é minha filha, não ficaria feia nem se tivesse tentáculos na cabeça. _ Ele fala bagunçando o cabelo de Lizzie, que estava sentada do seu lado.

 _ Ele fala bagunçando o cabelo de Lizzie, que estava sentada do seu lado

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

(Como ficou a cor do cabelo dela)

𝑮𝒆𝒏𝒕𝒆𝒆𝒆𝒆 𝒄𝒐𝒎𝒐 𝒂𝒔𝒔𝒊𝒎 𝒋𝒂́ 𝒕𝒆𝒎 𝒎𝒂𝒊𝒔 𝒅𝒆 200 𝒗𝒊𝒆𝒘𝒔 𝒂𝒂𝒂𝒂𝒂𝒂. 🥺💖
𝑴𝒅𝒔 𝒆𝒖 𝑨𝑴𝑶 𝒗𝒄𝒔!😍✨
𝑵𝒂̃𝒐 𝒔𝒆𝒊 𝒏𝒆𝒎 𝒄𝒐𝒎𝒐 𝒂𝒈𝒓𝒂𝒅𝒆𝒄𝒆𝒓.🥰❤️

Elizabeth Black - A herdeira BlackOnde as histórias ganham vida. Descobre agora