No rádio

494 5 0
                                    

Durante a gravação ao vivo da música sobre amizade, Theo viu Luna de longe e tentou fingir que estava tudo bem enquanto ela conversava com Tito, um outro pagodeiro para quem ele havia vendido uma de suas músicas. Sua próxima viagem era para o festival de Recife e foi inevitável lembrar que ela gostaria de ter ido naquele show.

- Ela não era pra você mesmo, não. Uma mulher que só quer saber de sair, beber... Fora que fuma. Você precisa encontrar alguém que tenha os mesmos sonhos que os seus, que queira construir uma família, ficar com você até morrer - ele escutou da mãe, alguns dias depois.

Miguel, que acabou ficando amigo de Luna, trazia as informações atualizadas sobre o que estava acontecendo na vida dela. Orestes chegou a fazer uma campanha entre os colegas de banda para que alguém apresentasse uma nova pretendente a Theo, pois ele estava cada vez mais desanimado.

- E se eu mandar uma mensagem pra ela? Nós ainda podemos ser amigos - ele pensou alto
- Ela tá pegando o Tito, cara. Desencana... - Miguel respondeu
- O que ele tem, que eu não tenho?
- O que ele não tem, né? Ele não tem um monte de mulher em cima dele, ele não tem shows fora de São Paulo. Ela nem precisa ter ciúme dele, já que ele só te imita e não chega em lugar nenhum.

Theo ficou pensativo com o que Miguel disse e entrou em contato com Fernandinho, pedindo que ele chamasse Luna para a gravação de TV que fariam em alguns dias. Ela já estaria na emissora, bastava ir até o estúdio.

Fernandinho conseguiu que ela fosse e Theo pediu um minuto para conversar. Luna disse que não confiava nele e que por isso não poderiam voltar a ser namorados. Theo não teve argumentos para se defender... Sabia tudo o que tinha feito de errado. As colegas de ballet contaram a Luna diversos casos em que ele ficou com alguma conhecida delas enquanto namorava Gabi e até a própria Gabi chegou a relatar que já havia ficado com ele após a separação.

O Natal se aproximava, a música que Théo fez para Luna, gravada há um ano, começava a tocar no rádio e aquilo o deixava muito triste. A única coisa que o consolava era lembrar que ela poderia ouvir e se lembrar dele, dos momentos bons que viveram e sentir alguma saudade.

Um dia Luna acordou com várias mensagens das amigas mandando uma notícia de jornal. Nela dizia que Theo estava ficando com uma dançarina do mesmo programa onde Gabi trabalhava. Ela poderia ter ligado para Theo, mas decidiu fazer uma coisa que o atingiria mais: assumiu, naquele mesmo dia, seu namoro com Tito.

Theo negava que havia ficado com a amiga de Gabi, mas aquele assunto rendeu até uma briga entre Gabi e Laís, onde Laís foi acusada de "fazer macumba" e respondeu dizendo que Gabi era profissional do sexo. Para o público que acompanhava as colunas de fofoca nos jornais, Theo parecia muito mais mulherengo do que realmente era e ele até tentou fazer jus àquela fama, mas a verdade é que ele se sentia sozinho.

Miguel, que não fazia parte da banda, se integrou a equipe para estar sempre com Theo, que a essa altura não conseguia dormir direito. Ele constantemente aparecia abatido nos shows e se perguntava se aquilo realmente valia a pena. Estar longe da família e não ter uma rotina que permitisse ter uma vida normal o fizeram expor ao restante da banda uma vontade que seria difícil de explicar ao público, principalmente naquele momento em que estavam no auge: queria parar.

Por sorte, Orestes também estava cansado e pensava em começar uma carreira solo. Eles não seriam os primeiros a sair do Aplaude, mas fazer isso juntos acabaria com o grupo. Theo estampava as capas de CD e revistas, eles estavam em todos os programas de televisão e a música, que contava sobre o dia em que um cara conheceu a mulher que mudaria sua vida, era a mais tocada do Brasil.

"Tem certeza?" era a pergunta que ele mais ouvia. Seguida de "Vai fazer o que depois?". E Theo não sabia a resposta. Seu plano era descansar, viver um pouco... Depois pensava no futuro. Pensar demais no futuro era o motivo de estar no fundo do poço agora. Eles tinham quase dois anos de shows já marcados para fazer quando anunciaram que aquela era a despedida.

Enquanto Theo cantava, Miguel buscava informações de Luna para o amigo. Marcela nunca deixou de ir aos shows e também o mantinha atualizado.

- Gordinha? - Theo respondeu uma mensagem de Marcela, que tinha um "print" de tela com uma foto de Luna e Tito.
- É o apelido deles - Marcela respondeu
- Eles não tem nada a ver
- Ela tá feliz, ele faz tudo o que ela quer... Mas sabe como é homem, né? O Jojô disse que no meio dos caras ele desdenha, diz que é temporário
- Tenho certeza que não foi isso que ela sonhou
- O pai dela adora ele, torcem pro mesmo time
- Eu preciso dar um jeito... - Theo respondeu
- E a sua vida, como tá?
- Ah, bem. Conheci uma menina no carnaval... Ela é atriz, vamos nos encontrar semana que vem no Rio
- Que bom, amiguinho! Agora você esquece a Luna e vai ser feliz - Marcela demonstrou apoiar o amigo.

Milena era uma atriz bem sucedida. Desde pequena na televisão, ela estava agora na maior emissora do país. Era flagrada com namorados diferentes de meses em meses e as revistas viviam falando de como ela emagreceu ou engordou para fazer algum personagem. Escutou há alguns meses um CD onde Theo cantava sobre ter mudado de vida ao conhecer alguém e teve vontade de conhecer uma pessoa assim, que sentisse por ela todo o amor que aquela música transmitia. No carnaval, quando foi convidada para ir ao camarim do grupo, trocou telefone com o vocalista e desde então eles trocavam mensagens.
No primeiro encontro depois disso, ela viu pelo teto solar uma estrela cadente e entendeu como um sinal de que aquele era o amor de sua vida. Ou pelo menos foi isso que ela fez questão de contar nos milhares de programas de TV onde foi nos meses seguintes.

Luna e Tito pareciam o casal perfeito nas redes sociais. Postavam fotos abraçados, se declaravam o tempo todo e ele cantava para ela nos shows que fazia dentro da cidade, onde ela não tinha como perde-lo de vista.

Milena conheceu a família de Theo, que a amava. Agora ele se sentia muito mais feliz, pensava em começar uma carreira solo e isso contribuiu para que sua mãe apoiasse o namoro. Em poucos meses a mídia já falava de casamento e filhos, o que Theo não achou ruim. A única coisa que o fazia desviar desses planos eram os amigos que traziam notícias de Luna.

- Tiveram uma briga feia, ela estava ouvindo uma música sua e ele não gostou. Pegou forte no braço dela e mandou parar de escutar isso - Marcela detalhou

Theo então entregou a Miguel um CD onde estava gravada a música que seria seu primeiro lançamento solo.
- Fala que eu quero que ela escute, eu gosto da opinião dela - disse
Miguel marcou um encontro com Luna em seu apartamento e lá mostrou a música. Ela entendeu bem o recado.

107 MinutosOnde as histórias ganham vida. Descobre agora