A Ligação

2.3K 150 0

Eram exatos duas da tarde estava deitada na sala, com a Liz, assistíamos o Vídeo Show, minha avó estava no banho, iriamos ao mercado a ajudar com algumas coisas

Liz: isso esta um saco – rir de sua impaciência – vamos lá para fora?

Rafa: vamos

Levantei-me desliguei a televisão e fomos para fora, nos sentamos na calçada e ficamos escutando musica, até minha vó sair, dizendo que iria a casa de sua amiga, ao lado, passou-se cerca de vinte minutos e um carro para enfrente a casa ao lado a Liz olhou, minha avó apareceu no portão me olhou e sorriu e logo depois sua amiga, a porta do carro abriu e o Phonso saiu de dentro do mesmo com um bebê no colo, logo depois uma mulher, voltei a conversa com a Liz quando o mesmo vem até nós.

Phonso: o que estão fazendo aqui? – perguntou-nos surpreso,

Rafa: Passando o final de semana na casa de minha avó

Liz: de quem é esse bebê Phonso?

Phonso: é minha irmã, Aylá, tem dois meses

Liz: é linda, se parece com sua mãe – a olhei confusa, como ela conhecia a mãe dele?

Phonso: é, e eu pareço com meu pai – a Liz riu

Vó: Rafa querida – disse se aproximando

Rafa: sim vó

Vó: vamos ao supermercado meninas?

Rafa: vamos

Liz: eu quero Nutella

Rafa: e eu doritos

Phonso: Não esquece a coca – disse rindo, rimos com ele

- Aphonso – ele olhou – me Traga a Ayla, irei coloca-la no berço – ele foi até ela e voltou

Vó: porque não vai conosco Aphonso?

Phonso: posso?

Liz: pode sim

Vó: irei buscar minha bolsa – assentir, e minha vó entrou. 

O Aphonso e a Liz, conversavam animadamente, enquanto eu mexia em meu celular, logo um carro parou enfrente a casa de minha vó, olhei de relance, e pude ver o Johnny saindo de dentro do mesmo – ótimo – ele se juntou a eles, e ficaram conversando. Guardei o celular e comecei a prestar atenção neles, meu celular tocou, levantei rapidamente e atendi sem ver quem era.

Rafa: Alô?

- Filha? – Era minha mãe.

Rafa: oi mãe

Mãe: está tudo bem com você?

Rafa: sim – rir – e a senhora?

Mãe: estou bem

Rafa: porque me ligou?

Mãe: queria saber se estava bem, e bem dizer que estou com saudades

Rafa: mãe, estão te obrigando? – ela riu.

Mãe: não filha, mas… Mas o que você me mostrou de manhã me fez refletir sobre algumas coisas – ficamos em silencio, - eu também te amo Rafa, e queria me desculpar por ter dito aquelas coisas, e ter agido mal com você

Rafa: está tudo bem mãe.

Mãe: poderíamos passar a tarde juntas amanhã, o que acha?

Rafa: por mim tudo bem, mas por favor, nada de shoppings já basta a Liz – ela riu

Mãe: está bem, irei pensar em algo, passo ai as duas pra te buscar ta?

Rafa: ta, mas mãe?

Mãe: oi?

Rafa: eu não quero ir pra casa amanhã

Mãe: tudo bem, a noite te deixo ai

Rafa: okay

Mãe: agora tenho que desligar, se cuida pequena – sorri

Rafa: a senhora também

Mãe: te amo

Disse por fim e desligou, guardei o celular no bolso e voltei para a calçada, me sentei ao lado da Liz sorrindo.

John: acho que alguém falou com o passarinho verde – eles riram

Liz: quem era amiga?

Rafa: minha mãe – ele me olhou confusa – amanhã a tarde faremos um programa mãe e filha – ela riu

Liz: vou ligar pra minha mãe espera

Rafa: deixa de ser invejosa – rimos

Phonso: que isso Lizandra – ficamos zoando com ela, até minha vó sair, fomos andando, o supermercado ficava apenas a dois quarteirões da casa de minha vó, fui andando do lado do Phonso, a Liz ia do lado do John.

Rafa: quando vocês vão assumir? – disse rindo e os olhando

John: assumir o que? – olhou-me confuso

Phonso: nem adianta Rafa, eles vão fingir que não sabem do que estamos falando.

Liz: Ai Deus, porque esse mundo é tão pequeno?

Rafa: amiga, o mundo não é pequeno, as cidades que são – a olhei rindo ela me mostrou a língua – sai pra lá não vou te beijar

Liz: nojenta

Rafa: You Love Me – disse rindo

Liz: convencida, I Love You sim – a abracei forte ainda rindo

John: sobramos mano  - disse rindo

Phonso: que nada mano – o Aphonso foi para o lado do John e o abraçou – You Love Me Bitch

John: I Love You  - rimos da idiotice, deles

Liz: quero sorvete

Rafa: na boa, só não é gorda porque é ruim – rimos

Liz: amiga, tu me ama demais né?

Rafa: amo, amo muito ta?

Liz: sabia, nunca vi critica tanto – rimos

Rafa: cala a boca, obesa

Liz: ta bom saco de osso – os meninos riam – John seu lindo, compra sorvete pra mim

John: bora lá Phonso

Phonso: bora, vai querer Rafa?

Rafa: aceito uma agua – sorri

Eles foram, e nos acompanhamos minha avó.

Cinco DiasLeia esta história GRATUITAMENTE!